Espelho vivo' Parte III

Não o você do meu pesadelo, não quem eu havia enterrado e quem como um vampiro me sugou até minha última gota. Mas vi você. E só nesse instante eu enxerguei, ouvi e senti verdadeiramente tudo e todos ao redor. Estava viva de novo! Não porque dependesse de algo ou alguém para me ressucitar ou para estalar os dedos me fazendo sair daquele passado hipnótico, mas foi porque em seus olhos eu vi meu reflexo, me vi morta-viva, ensone e foi na profundidade do seu olhar que me encontrei... em seus olhos preto-verde.
Eu sabia, agora sabia! Eu não morrera de fato porque você não deixara.
Foi você que me encontrou depois que ele foi embora, você me guiou todos os dias no meu caminho de volta, no meu caminho pra casa. Secou cada lágrima minha e me manteve em pé em cada ataque de fúria.
Me protegeu do perigo que era eu mesma. Me protegeu do perigo que eram os outros. Só por sua causa eu não me bati num poste nem atravessei a rua na frente dos carros.
Desculpa se não fui capaz de ver isso antes, mas agora eu sei. Somente você permaneceu depois que os outros se foram.
Pela segunda vez olhei em seus olhos e o que vi: não a velha garota entusiasmada e bem disposta, não a garota morta e tão pouco a garota zumbi. O que enxerguei naquele poço preto-verde foi a garota na qual havia me transformado; a garota oca!
Naquele momento compreendi que seria necessário desenterrar o passado, curar minhas velhas feridas, resgatar meus sentimentos, gritar por socorro sempre que precisasse, amadurecer, me tornar mulher.
E o que sou agora: um amontoado de vivências, um punhado de perdas, um agrupamento de firmeza em outro agrupamento de pessoas, uma gota de solidão, um monte de coragem, uma nuvem de saudade, um feixe de luz de quem fui, um oceano do que serei e uma certeza em você.
A velha caixa continua enterrada no quintal e, o que mudou foi que sai da sepultura que havia cavado para mim.



PS: O texto é enorme assim mesmo. Por isso eu organizei em 3 partes para não ficar cansativo. =*

5 Comentários:

Bell Souza comentou:

Fotos by Photos Há!

Wevertton comentou:

Feliz Pascoa!!! =)

bruna b! comentou:

Adorei teu texto guria, ele é grande mas valeu a pena. Beijos.

Bell Souza comentou:

Obrigada! :$

Jussara Nascimento comentou:

Bell, amei os posts :D
O espelho vivo nos olhos de um novo amado, foi um tanto que surpreendente!
Valeu a pena ler as três partes, que por sinal, devorei em minutos.
Parabéns e obrigada por escrever tão bem :D
Beijos, querida!

 
Licença Creative Commons
O trabalho About My Truth - Sobre As Minhas Verdades de Rebeca C. Souza foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em http://bell-aboutmytruth.blogspot.com.br/.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em https://www.facebook.com/aboutmytruth