Carta ao melhor amigo!'

Senhor Jesus,

As minhas palavras são frias. Por mais que afaguem meus cabelos e beijem a minha face, é do seu toque que tenho saudade.
Meu Senhor, eu andei em todas as avenidas do templo procurando a voz que me chama pelo nome, mas nada pude encontrar.
O movimentar das minhas pernas é o andar em pântano; escuro e desamparado.
Meu Senhor. Todos ao redor dizem a mesma coisa, todos apontam-me uma direção, mas não sei qual seguir.
Mestre, todos falam em pecado. Todos repreendem o diabo e todos querem salvação... mas são todos tão falhos, tão podres, todos iguais ao que sou. Sem distinção.
Sinto-me culpada, Senhor!
Sinto-me suja agora, por ver-me exposta.
Por ver meus defeitos nu e cru.
Mestre, por que fiquei assim? Fui restituída no mundo. Aprecio a camuflada benevolência e bebo todo o vinho; não o vinho do Espírito Santo.
Mestre, eu não posso ser santa, não vê?
Eu já morri, Senhor! Repolso perante a minha lápide, lendo atentamente o meu nome gravado no mais profundo mármore negro.
Aba! Não sou digna. Eu forcei tudo bom em mim a partir. Joguei fora! E não adianta procurar. Pedi ao vento que levasse tudo embora... e ele levou.
Aba. Ninguém entende. Nem eu entendo. Perdi o dom do entendimento. Perdi também a visão e a fala. Só me restou o escrever palavras. Atirar o meu inferno pessoal em papel.
Aba! Para que toda essa iniquidade? Posso ouvir um discurso bonito. E as ações? Não há ações em mim.
Querido Senhor Jesus, como pode me amar se por tantas vezes eu disse adeus?
Se por tantas vezes tranquei a porta e lacrei todas as minhas janelas?
Querido Senhor Jesus, é doloroso olhar dentro de mim; por todos os lados eu vejo sepulcros caiados.
Querido Senhor Jesus, eu não conheço mais a Ti. Escrevo em meio as minhas aflições; já não sei clamar por socorro.
Apenas quero que saiba que sendo pecadora, por vezes, a única vontade que me dar é poder em teu colo me aninhar e te chamar de pai.

Solenemente, R. C. S.

3 Comentários:

Tudo Girl! comentou:

caarta liinda!

e aa, q bom q o seu primeiro beijo foi assim
eu só perdi meu bv, pq depois nao ia ter mais oportunidade!
beijei um menino q todas as garotas babam por ele, e olha q foi ele q pediu pra fik cmg *0*

bj :*

Noy Medeiros comentou:

Velho, eu chorei...Lembrei de salmos as lamentaçoes de Davi!
Amiga Deus está contigo, tente ouvi-lo , mas antes fale com ele!
beiijO

Jussara Nascimento comentou:

Retribuindo visita...
Rebeca, primeiro muito obrigada pelo comentário e por estar me seguindo *-* E segundo, gostei do texto! As vezes também me sinto impura, e indigna de receber o Senhor! Mas por todas essas vezes, Ele me acolhe e me chama para perto dEle, assim com também chama todos os Teus filhos *-------------*
Acho que é só, rs :) Volte sempre! Bjs

 
Licença Creative Commons
O trabalho About My Truth - Sobre As Minhas Verdades de Rebeca C. Souza foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em http://bell-aboutmytruth.blogspot.com.br/.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em https://www.facebook.com/aboutmytruth