Metendo a colher.

- No que você está pensando?
- No que...?
O que eu estou pensando agora?
Nos xingamentos da noite passada?
No tapa que você me deu na cara?
Nas roupas que foram atiradas janela abaixo?
No peixe no aquário quebrado?
Nos tufos de cabelo que me foram arrancados?
- No que você está pensando, Rick?
Na sua possessividade desgastante?
No seu mau humor infernal?
Na sua boca manchada do mesmo batom?
No teu corpo frio que já não me esquenta a alma?
- Nada querida. Apenas pensei nas coisas que escrevi para você. Nas coisas que vou escrever e em uma conversa boba que tive com alguém na noite passada.
E principalmente, tenho ocupado a mente na resposta que dei a mim sobre uma pergunta que eu me fiz.
- E que pergunta seria essa?
- Pergunta não querida; certeza. Não dar para viver sem você!
- Me engana cretino! Uma hora dessas é você que eu vou jogar pela janela.
E foi ela tecer outras formas. Formas esticadinhas de expulsar o seu tão amor letal.
Mas sabe de uma: eu adoro!

- Às vezes eu tenho medo das coisas que eu escrevo. =/

10 Comentários:

VaneZa comentou:

Eu também fiquei com medo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Mas é engraçado... homem sempre encontra uma justificativa que quebra a nossa resistência.

BeijoZZZ

Monique Premazzi comentou:

Confesso que eu achei muito engraçado esse texto. KKKKKKKKKKKKKKKK Senti falta daqui [a]

Amiga não posso fazer muita coisa com Angel, a senhorita Carol não me enviou a parte 5 e eu estou sem o que postar, mas vou falar com ela hoje se entrar no msn. Não me mata! Awn, sério que gostou? Obrigada amiga *-* E eu agora que você disse que recomenda, eu estou ainda mais curiosa pra ler o livro. SENHOR, eu preciso acabar Lua Azul logo, não aguento mais esperar KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK E eu já tinha você no Skoob, mas você ainda não me aceitou lá ): Saudades também *-* xx

Bia comentou:

Gostei do texto , achei engraçadinho até , uma coisa bem do tipo ' cara canalha e garota super apaixonada ' , quer dizer a história é engrçadinha quando não é com a gente , né ? rsrs
Amei tudo no seu blog , super organizado , ao contrário de uns que me deixam doida e com os olhos doendo por tentar ler e não conseguir por conta de tanta poluição visual , e o seu tá super bem organizado , dá até gosto de vir aqui :)
Voltei com o blog , espero que volte mais vezes por lá :)
Beijos xx

amanda gomes. comentou:

SAUSUHA, precisa ficar com medo não!
adorei esse ♥
;*

Noooy comentou:

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

adorei, nossa sentii falta dqui²
Beel fiquei com medo de vc amiga mas o tex ta massa!

kaahfreitas comentou:

medo. IOUSADOUIUDIOSAUIODSA
mas eu gostei, ficou meio engraçado.

dianaBruna comentou:

heuehueheuhe
medo nem tanto, mas rio do toque irônico que você dá aos textos ^^
bjiin

Paloma comentou:

e olha que eu consigo me identificar com isso. kkkkkkkkkkkk

Cizz comentou:

*-*
Fica com medo não! ^^
Esse é ótimo. Td q disse tem um certo fundo de verdade, e muitas pessoas já passaram por isso.

Eu adorei!
Vc escreve muito bem!
Boa semana!
BjxX

Tati comentou:

Eu ri.

Ficou bem a cara de uma boa DR - Adorei... haushaush

 
Licença Creative Commons
O trabalho About My Truth - Sobre As Minhas Verdades de Rebeca C. Souza foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em http://bell-aboutmytruth.blogspot.com.br/.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em https://www.facebook.com/aboutmytruth